29/01/2015

Subprograma de Monitoramento da Flora da ESBR é destaque em seminário realizado em Brasília

O Subprograma de Monitoramento da Flora, inserido no Programa de Conservação da Flora da Usina Hidrelétrica Jirau, tem atraído a atenção de muitos acadêmicos. Diversos estudos foram realizados, em virtude da variedade de espécies encontradas na área de influência do empreendimento. Os resultados desses estudos ganharam destaque no Seminário da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (EMBRAPA) e do Centro Nacional de Pesquisa de Recursos Genéticos (Cenargen), realizado em novembro do ano passado, em Brasília. O Seminário contou com a presença da equipe técnica de Meio Ambiente da Energia Sustentável do Brasil (ESBR), Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (IBAMA), Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (EMBRAPA), Universidade de Brasília (UnB) e do Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia (INPA).
De acordo com o coordenador de Meio Ambiente da ESBR, Paulo Sado, os trabalhos da comunidade acadêmica são de suma importância, pois contribuem para ampliar o conhecimento da flora na região amazônica. “Estes estudos auxiliam a ESBR a entender a dinâmica da flora local, conhecimento que antes da implantação da UHE Jirau, era mínimo”. E Sado ainda lembra que o Subprograma também já contribuiu para a conquista de um título recebido pela ESBR em 2012 – o Prêmio Nacional de Equipes da EMBRAPA (Categoria Captação de Recursos), no âmbito da Rede Nacional de Recursos Genéticos Vegetais.
O Subprograma Resgate e Conservação de Germoplasma Vegetal está inserido no Programa de Conservação da Flora da Usina Hidrelétrica Jirau, e contribuiu para a conquista do Prêmio Nacional de Equipes da Embrapa em 2012, Categoria Captação de Recursos, no âmbito da Rede Nacional de Recursos Genéticos Vegetais. O Subprograma supracitado tem como objetivo resgatar amostras de germoplasmas e encaminha-las à EMBRAPA, onde parte dessas amostras são mantidas em câmeras de conservação a longo prazo. Outra parte destas amostras resgatadas foram repassadas à Unidade Demonstrativa de Aprendizado de Manejo Ambiental (UDAMA), situado em Nova Mutum Paraná e posteriormente, estas amostras foram utilizadas no Programa de Revegetação da Área de Preservação Permanente (APP) da UHE Jirau.
Sobre as ações do subprograma
Os trabalhos de monitoramento da flora da UHE Jirau, executados pela EMBRAPA, iniciaram antes da construção do canteiro de obras, em 2008. No decorrer dos anos foram realizados diversos estudos envolvendo inventário, monitoramento e regaste de espécies da flora, tanto na área do empreendimento quanto na área da Linha de Transmissão Jirau – Porto Velho. Em média, são realizadas seis campanhas de campo, por ano, além do trabalho de análise de dados, triagem e identificação de amostras realizadas em laboratório. O monitoramento é feito em toda a extensão do reservatório, onde também foram resgatados 100 espécies que incluem plantas com uso madeireiro, ornamental e alimentício.

Compartilhe

Notícias Relacionadas

Assine nosso jornal

ACOMPANHE
as notícias

Conheça o nosso Portal de Notícias, onde é possível ter
acesso às principais notícias da JIRAU ENERGIA.

Logo Jirau Energia

DADOS DE VAZÃO

Informações em:

XX/XX/XXXX

Previsões de Afluências à UHE Jirau

e de Folgas na Estaca 1295 da BR-364.

DATA

VAZÃO (m³/s)

FOLGA (m)

Nota: Previsão realizada pela ESBR com base nos dados
observados e nos modelos de previsão de vazões disponíveis.

Folga referente à diferença entre a elevação da pista
no eixo da BR-364 e a Folga na Estaca 1295

Por dentro da Usina Hidrelétrica Jirau

SETOR REGULATÓRIO
E COMERCIAL

ACOMPANHE AS NOTÍCIAIS DA
JIRAU ENERGIA

Logo Jirau Energia

Previsões de Afluências à UHE Jirau e de
Folgas na Estaca 1295 da BR-364.